Na Minha Playlist #21: Coldplay - The Scientist

Oi! Trazendo mais um NA MINHA PLAYLIST! Quero falar de uma das canções do Coldplay (que faz estreia aqui no blog) mais marcantes! Começando por 'The Scientist' talvez ela tenha sido a primeira ou uma das primeiras canções da banda que você ouviu... é porque é bastante conhecida. Vamos conhecer um pouco da história da música e depois ouvi-lá! Vamos lá...

Chris Martin, Guy Berryman, Jonny Buckland e Will Champion


Coldplay é uma banda britânica de rock alternativo fundada em 1996 na Inglaterra pelo vocalista e pianista Chris Martin e o guitarrista Jonny Buckland. Conseguiram fama mundial com o lançamento do single "Yellow" em 2000.

Nos primeiros álbuns, o estilo musical do Coldplay foi definido como rock alternativo, chegando a ser comparado a Radiohead e Oasis. O vocalista e compositor Chris Martin, rotulou a sonoridade da banda como "hard rock".

A canção  'The Scientist' que faz parte do álbum A Rush of Blood to the Head.
Capa do álbum

A Rush of Blood to the Head é o segundo álbum de estúdio da banda britânica de rock alternativo Coldplay. Lançado em 26 de agosto de 2002 pela gravadora Parlophone no Reino Unido, o álbum foi produzido pela banda e pelo produtor musical britânico Ken Nelson.

O álbum estreou com um enorme sucesso comercial, um padrão contínuo, que começou em Parachutes, que fez do Coldplay ser uma das bandas com maiores vendas no mundo. Atingiu o topo das paradas no Reino Unido e, posteriormente, se posicionou na posição número sete nos 20 álbuns mais vendidos do país no século XXI.

A British Phonographic Industry desde então, certificou o álbum como oito vezes disco de Platina por suas vendas acumuladas de mais de 2,6 milhões de unidades na Grã-Bretanha e 15 milhões em todo o mundo. O álbum gerou os singles "In My Place", "Clocks", "God Put a Smile upon Your Face", assim como "The Scientist".

Poética, triste, emocionante, "The Scientist" nos "leva para o começo", de alguma maneira. A letra da canção é uma alusão à impotência de um homem em face do amor.

As primeiras linhas do primeiro verso enfatizam em um pedido de desculpas: "Come up to meet you/tell you I'm sorry/you don't know how lovely you are."

O título da canção também faz alusão à ciência no terceiro verso: "I was just guessing at numbers and figures/pulling the puzzles apart/questions of science, science and progress."

Vamos lá ouvir:


O clipe se inicia com Chris Martin deitado num colchão e observando o céu, depois de uma leve introdução musical começa o grande espetáculo bem ao estilo “I’m going back to the start” onde a historia vai seguindo em reverse, com leves cortes bem encaixado (com o percorrer tradicional) para vermos Martin cantando a música.

O refrão da música fala:

Nobody said it was easy
It’s such a shame for us to part
Nobody said it was easy
No one ever said it would be this hard
Oh take me back to the start

Que retrata um clima de arrependimento, mostra que o Eu Lírico está arrependido por algo, e mais uma vez (como em muitos clipes) a letra pode se encaixar em diversas situações. Como tradicionalmente os clipes falam de amor, somos levados a entender que ele está arrependido por ter feito algo que prejudicou seu relacionamento e está com objetivo de reverter o erro e recuperar sua amada, daí surge a galera do Coldplay e mostra algo sinistramente mais significativo e super bem pensado.

A história segue em Reverse pois o clipe se inicia no fim da história e vai regredindo até o inicio, mostrando Chris Martin vagando por aí e refletindo sobre algo, no fim encontramos um carro e tudo nos é revelado. Martin está dirigindo o carro e sua namorada tira o cinto para vestir um casaco, do nada surge um caminhão que perde o controle numa curva e obriga Martin a desviar, ele e sua companheira rolam ribanceira abaixo dentro do carro, que por fim para e a joga a uma certa distancia a frente e, infelizmente, a matando.

Come up to meet you, tell you I’m sorry.
You don’t know how lovely you are
I had to find you, tell you I need you
And tell you I set you apart

Ele agora está na verdade vagando em busca de perdão próprio e de uma forma de encontrar o perdão de sua amada.

O clipe consegue interligar e relacionar vídeo e letra, conta uma historia inesperada que se encaixa como uma luva na musica, cada momento da música é uma busca do sentido, como um detetive tentando entender o clipe enquanto curte a música até por fim ter o lampejo final que lhe leva as nuvens com a perfeição da ideia.

Curiosidades sobre esse videoclipe:




O videoclipe de "The Scientist" ficou muito popular devido a sua narrativa inversa. O mesmo conceito foi usado anteriormente por Spike Jonze no video dos The Pharcyde, "Drop" de 1996. Este estilo reverso foi visto pela primeira vez no vídeo da canção "The Second Summer of Love" da banda escocêsa Danny Wilson em 1989. Chris Martin demorou um mês para aprender a cantar a música de trás para frente.

Espero que tenham gostado! Até a próxima.

Créditos: Wikipédia, HostGeeks


Gostou de The Scientist? Então baixe a canção em formato MP3.
Na Minha Playlist #21: Coldplay - The Scientist Na Minha Playlist #21: Coldplay - The Scientist Reviewed by Walter Segundo on 11:56 Rating: 5

Um comentário

  1. Gosto muito dessa música! Teu blog é super completo! Congratulations

    ResponderExcluir

Latest in Sports

Na minha playlist, interativo, top 10